Descobri uma musiquinha delicinha, já escutei umas 5 vezes hahaha até enjoar!

Illustration by Livi Gosling accompanied a wonderful article by Magnus Nilsson about Swedish food history.

Illustration by Livi Gosling accompanied a wonderful article by Magnus Nilsson about Swedish food history.

Não nos contaram

Hoje é o momento ideal pra falar de sacanagem. Mas nada de ménage à trois, sexo selvagem e práticas perversas, sinto muito.

Pretendo, sim, é falar das sacanagens que fizeram com a gente.

Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos.

Não nos contaram que amor não é acionado nem chega com hora marcada.

Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade.

Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo.

Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável.

Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada “dois em um”, duas pessoas pensando igual, agindo igual, que isso era que funcionava.

Não nos contaram que isso tem nome: anulação.

Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável.

Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos.

Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são caretas, que os que transam muito não são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto.

Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto.

Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade.

Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas.

Ah, nem contaram que ninguém vai contar.

Cada um vai ter que descobrir sozinho.
E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz se apaixonar por alguém.

(Autor desconhecido)

Antes ser feliz do que ser triste

Tem gente que não ri porque risada é sinal de felicidade, mesmo que superficial ou de momento, e não pode demonstrar estar feliz nunca.

Sabe, pra alguns felicidade é a personificação da fraqueza e/ou bloqueada por não ser “certo” …

Felicidade pra outros só é permitida aquela que a sociedade exige: um carro, uma casa, uma esposa e dois filhos.

Já viu felicidade por atender às expectativas dos outros? É o chamado “feliz por dar orgulho”. O quanto isso é natural? Isso é fabricado.

Não se permitem muito a felicidade e quase sempre vinculam a outras pessoas. O que dificulta e vitimiza. E por aqui adoramos comprar uma vítima.

Esqueça tudo o que disse agora, a felicidade é utopia. Uma luta justa seria por mais corações abertos e menos adjetivos aos sentimentos.

Por ti, todo lo que hago lo hago por ti,
Es que tu me sacas lo mejor de mi;
Soy todo lo que soy porque tu eres todo lo que quiero.

Tóxico

Quais são os seus mais profundos segredos? Um que você nunca contou a ninguém. Não sei, traiu a confiança de um amigo ou roubou no mercado? Talvez queira dormir com uma arroba do Twitter (Palpite de sorte).

Neste momento, tem uma guerra acontecendo no seu cérebro. O melhor é que seu córtex cingulado quer desesperadamente dizer a verdade. Mas o seu orbital pré-frontal está simulando como as coisas ficariam ruins, se você contasse os segredos.

Se o córtex pré-frontal ganhar, seu estresse sobe. Se o córtex cingulado ganhar, seu estresse abaixa.

Então, se é biologicamente saudável confessar nossos segredos, o que é que na natureza humana faz lutarmos tanto para mantê-los escondidos?

Vai! Baby

Você não imagina!

- Acho que nós deveríamos… nós, as pessoas, deveríamos nos conhecer melhor. Para sermos melhores, sabe?
- Deve ser difícil viver neste mundo, se acredita nisso.
- Você não imagina.

(Fargo)

172.447 reproduções

Foster The People “Best Friend“

I’m here, no matter where you are
So let it in with, open arms, no matter where you are
Sometimes, you’ll have to wait
And it passes by like a satellite or star
No matter where you are

Poster BrB

Poster BrB

@thiuhgs: vamos viver essa vida de um modo bom porque de problema, já basta a ignorância alheia.